segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Uma voz no tempo... carinho na alma.
E as lágrimas fogem de ti, e lágrimas fogem de mim
E um rio se forma de nós!
[Voz no Vento - Leila Pinheiro]

2 comentários:

Pedro Antônio disse...

Ei, gaTÍSSIMA!

Que post lindo! Essa borboleta não sabe que tem nas mãos a liberdade.

Um beijãooooooooo.

Pedro Antônio

Hod disse...

Alôha meiga e doce Rê!!

Lágrima que vao ao encontro de um Vasto Oceano, onde tudo é alegria e contentamento!!

Adorei sua visita e os néctares que espargiu por minha atmosferas!! Tudo sempre fica mais colorido com seu brilho!!
suas perguntas são bastante intressantes, posso respondê-las por email?
Beijos querida Rê ~~~~!!!

Hod.